Pilotos garantem show na grande final do Campeonato Rondoniense de Velocross Noturno

Correndo numa das pistas mais rápidas e, prestigiados por um grande público presente no motodromo Romeu Francisco Melhorança, pilotos fizeram a festa na noite do último sábado (19), na etapa final do Campeonato Rondoniense de Velocross Noturno 2015. Genaldo Nogueira # 51 (Sítio Minas Gerais) de Santa Luzia do Oeste, Patrik de Brito # 771 (Coyotes Motos) de Vilhena, Juliano “Ligerin” Correa # 94 (Construmaq/Elite Alarmes/JS Cobranças) de Espigão do Oeste, Fabrício Moreira # 50 (Vipal/Circuit/Posto Havai) e ainda Diego Henning # 169 (Honda/Noa/Ronacre/Vipal/ASW) de Porto Velho, foram os vencedores da prova que marcou o encerramento do primeiro campeonato Noturno de Velocross de Rondônia.

Além da presença de um público bastante expressivo, o evento foi prestigiado ainda por diversas autoridades como o senador Valdir Raupp, deputado federal Nilton Capixaba, deputado estadual Cleiton Roque e o prefeito Célio Silveira, anfitrião da festa, que não mediu esforços para que a cidade de Espigão do Oeste pudesse sediar a final do Campeonato Rondoniense de Velocross Noturno 2015. Enquanto na pista os pilotos aceleravam forte, proporcionando um espetáculo de emoção e muita adrenalina, o público que coloria as arquibancadas vibravam com a performance dos mesmos.

 

Jhonatan Peres vence disputa na Prata da casa

Abrilhantando ainda mais a festa da etapa de encerramento do Estadual de Velocross Noturno, a prova de Espigão do Oeste contou com a participação espacial da categoria Prata da casa, onde mais de quinze pilotos da região, não federados, fizeram uma disputa acirrada. Já nos treinos de tomadas de tempos, os pilotos se alternaram na busca pelos melhores tempos, a largada da Prata da Casa aconteceu com Jhonatan Peres # 61 (Ceará Motos), largando bem e se mantendo na ponta durante todo o percurso. No pelotão intermediário, os pequenos Bryan Galmassi # 108, Victor Manuel # 64 e Emilly Galmassi #329, fizeram uma disputa volta a volta, até Victor Manuel perder o traçado e parar antes do final. Jhonatan Peres venceu com Natalino de Jesus # 5 na segunda posição, Fábio Rafael # 789 em terceiro, Jonismar Boone # 34 em quarto e Danilo Isbrecht na quinta colocação.

Genaldo conquista etapa, mas título da VX4 é de Osmar Canale

Menos a definição antecipada de vários campeões da temporada, algumas das categorias foram marcadas por duelos fortes, onde cada piloto foi para a prova querendo encerrar bem o campeonato. Na disputa da VX4, para pilotos acima dos 40 anos, Genaldo Nogueira # 51 (Sítio Minas Gerais), de Santa Luzia do Oeste, não quis dar chances ao líder e já campeão Osmar Canale # 68 (Star Motos), de Colorado do Oeste,imprimindo um ritmo intenso e vencendo o duelo. Genaldo que já havia ficado na vice liderança das últimas duas provas, conquistou a etapa de Espigão, com Osmar Canale chegado em segundo, Amarildo José, o “Nikima” # 16 (NikimaMotos/Ceará Motos), de Espigão do Oeste na terceira posição. Mário Hugo # 44 (Despachante Líder/TRR Krupiski), de Vilhena em quatro e Ariovaldo Peres, o “Ceará” # 23 (Ceará Motos) completando o pódio.

001110-F001445_imgN-G

Sem o campeão Valdinei, Patrik leva etapa da VX3

Correndo em paralelo a VX4, a categoria VX3, para pilotos dos 35 aos 40 anos, teve um duelo a parte, onde o vilhenense Patrik de Britto # 771 (Coyotes Motos), levou a melhor sobre os adversários Marcos Cesar # 2 (Aquelino Preparações/Guarujá Solda), de Vilhena, Jeferson Lins # 7 (Auto Elétrica Suzuki/Posto Espigão), de Espigão do Oeste , Eder Stenzel # 3 (Eder Motos) de Porto Velho e Vanderlei Júnior # 6 (Posto Mais/Motobras/Ney Motos) de Rolim de Moura, os cinco primeiros colocados respectivamente. Bastante focado na prova que foi marcada pela ausência do líder e campeão antecipado Valdinei Correa # 88 (Posto Pit Stop/F1 Terraplanagem), de Pimenta Bueno, Patrik mostrou foco e acelerando forte assumiu a ponta onde se manteve até a bandeirada final.

Com festa, Ligerin conquista título da categoria 150cc

Entre as categorias que chegou para a última etapa ainda em abertos, sete pilotos estavam na briga pelo título da categoria 150cc, que já de imediato eliminou dois concorrentes, o líder Frani Augustinho # 800, com pé fraturado e Décio Augusto # 932, que trincou o braço durante os treinos, ambos ficando de fora da briga pelo título. Restou a Juliano Correa, o “Ligerin” # 93 (Construmaq/Elite Alarmes/JS Cobranças), que correndo em casa, precisava vencer pra não depender de outros resultados. Contando com o caloroso apoio vindo das arquibancadas, Ligerin largou na ponta e resistiu a pressão, primeiro de Cléber Júnior # 104 (Rede Farmácia Med Barato), de Cacoal, depois de Leandro André # 400 (Wandir Tratores/Jhow Preparações), que não deram folga ao piloto de Espigão do Oeste. Ligerin venceu a prova e conquistou o título inédito da categoria 150cc. Cléber Júnior que passou parte da prova na cola do líder, aos poucos foi perdendo posições, completando a prova somente na nona colocação, mas assim mesmo assegurando o vice campeonato. Segundo colocado na prova, Leandro André ficou em terceiro no campeonato. Anderson Alves #37 (Moto Mais Preparações), Felipe Basílio #56 (Aquelino Preparações) e Magno da Rocha # 147 (Molas Noma/Master Contabilidade), ambos de Vilhena, completaram o pódio da 150cc.

Campeão Fabrício Moreira confirma hegemonia na Força Livre Nacional

A categoria Força Livre Nacional, a que reúne o maior número de motos na pista a cada prova disputada, é também uma das que mais leva emoção ao público, pelo equilíbrio e grandes pegas. Apesar de já ter conhecido o seu campeão por antecipação, a etapa do último sábado, em Espigão do Oeste foi marcado por mais uma vitória do líder e campeão Fabrício Moreira # 50 (Vipal/Circuit/Posto Havai), que mesmo não conseguindo largar bem, acelerou forte para ganhar a ponta e se manter até o final, fechando a sexta vitória em seis etapas deste estadual Noturno de Velocross 2015. A largada foi perfeita de Pedro Tozzo # 30 (Aquelino Preparações/Tozzo Bombas), de Cacoal, que liderou parte da corrida, mas aos poucos foi perdendo posições, terminando em quinto. Fabrício Moreira venceu com Patrik de Britto # 771 (Coyotes Motos em segundo, Guilherme Perondi # 123 (Coyotes Motos) em terceiro e Diego Canale # 62 (Star Moto), na quarta posição. Com a conquista, Fabrício Moreira é bicampeão do Velocross na categoria Força Livre Nacional.

001110-F001443_imgN-G

No duelo com Vitim, Diego Henning carimba título da VX2 e FLN Pró

Principais nomes do motociclismo de Rondônia, os pilotos Diego Henning # 169 (Honda/Noa/Ronacre/Vipal/ASW) de Porto Velho e Victor Carlos # 4 (Alécio Galmassi/Vaccari Veículos/Voldiesel/Aquelino Preparações), de Cacoal, travaram um duplo e ferrenho duelo na prova do último sábado, na pista de Espigão do Oeste, com Vitim fazendo excelentes largadas, mas Diego buscando a superação. Já nos treinos classificatórios, o dois pilotos mostraram que a disputa seria forte e de elevado nível, com ambos baixando seus tempos a cada volta. Já na Força Livre Nacional Pró, Vitim largou na ponta, enquanto Diego saiu no bolo. Aos poucos os dois foram abrindo distancias dos demais, com Vitim na frente e Diego na sua cola, e já nos minutos finais, o jovem piloto de Porto Velho assumiu a ponta e venceu a prova, consolidando a conquista do título da Força Livre Pró.

Mesmo reclamando de fortes dores no ombro, Diego Henning mostrou determinação na busca de fechar bem o campeonato e após vencer a Força Livre Nacional Pró, Henning veio para a disputa da categoria VX2 Importadas com a mesma determinação. Mais uma vez Vitim largou na ponta e acelerou forte com Diego em segundo. Imprimindo um ritmo bastante forte, Vitim forçava a cada volta, com o adversário na sua cola, levando o público a incentivar o forte duelo. A prova já estava nos instantes finais, quando Diego após mais uma forçada na curva, ganhou a ponta, com Vitim mantendo a pressão, até que nas últimas voltas o piloto de Cacoal perde o traçado e perde também contato com o líder. Diego Henning vence, com Vitim mantendo a segunda posição, o novato Thiago Lazarotto # 252 (Kaká Posto de Motas), de Rolim de Moura chegando a terceiro posição. Eder Stenzel # 3 (Eder Motos) de Porto Velho foi o quatro e Jacson Cardoso # 187 (Molas Mais/FDH Gráficos), de Vilhena fechando o pódio.

001110_imgN-G

Parcerias

A sexta e última etapa do Campeonato Rondoniense de Velocross Noturno 2015 foi mais uma realização e coordenação da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR em parceria com a Prefeitura de Espigão do Oeste e Câmara de Vereadores. Apoio Rondobras Auto Peças, Vôo Transportes, Honda do Brasil, senador Valdir Raupp, deputado federal Nilton Capixaba e deputado federal Expedito Netto. Patrocínio: Ministério do Esporte.

Resultados finais da 6ª etapa do Campeonato Rondoniense de Velocross Noturno 2015

Categoria Prata da Casa

1º – # 61 – Jhonatan Peres – Espigão do Oeste

2º – # 5 – Natalino de Jesus – Espigão do Oeste

3º – # 789 – Fábio Rafael – Espigão do Oeste

4º – # 34 – Jonismar Boone – Espigão do Oeste

5º – # 38 – Danilo Isbrecht – Espigão do Oeste

Categoria VX4

1º – # 51 – Genaldo Nogueira – Santa Luzia do Oeste

2º – # 68 – Osmar Canale – Colorado do Oeste

3º – # 16 Amarildo “Nikima” José – Espigão do Oeste

4º – # 44 – Mário Hugo – Vilhena

5º – # 23 – Ariovaldo “Ceará” Peres –  Espigão do Oeste

Categoria VX3

1º – # 771 – Patrick de Britto – Vilhena

2º – # 2 – Marcos Cesar – Vilhena

3º – # 7 – Jefferson Lins – Espigão do Oeste

4º – #3 – Eder Stenzel – Porto Velho

5º – # 6 – Vanderlei Júnior – Rolim de Moura

Categoria Força Livre Pro

1º – # 169 – Diego Henning – Porto Velho

2º – # 4 – Victor Carlos – Cacoal

3º – # 50 – Fabrício Moreira – Porto Velho

4º – # 38 – Pedro Tozzo – Cacoal

5º – # 123 – Guilherme Perondi – Vilhena

Categoria 150cc

1º – # 93 – Juliano “Ligerin” Correa – Espigão do Oeste

2º – # 400 – Leandro André – Cacoal

3º – # 37 – Anderson Alves – Vilhena

4º – # 56 – Felipe Basílio – Vilhena

5º – # 147 – Magno da Rocha – Vihena

Categoria Força Livre

1º – # 50 Fabrício Moreira – Porto Velho

2º – # 771 – Patrik de Britto – Vilhena

3º – # 123 – Guilherme Perondi – Vilhena

4º – # 62 – Diego Canale – Colorado do Oeste

5º – # 38 – Pedro Tozzo – Cacoal

Categoria VX2  Importadas

1º – # 169 – Diego Henning – Porto Velho

2º – # 4 – Victor Carlos – Cacoal

3º – # 252 – Thiago Lazarotto – Rolim de Moura

4º – # 3 – Eder Stenzel – Porto Vlho

5º – # 187 – Jacson Cardoso – Vilhena

fonte: Assessoria – FMR   Visualizar Impressão

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *