Etapa de Ji-Paraná define primeiros campeões da temporada 2015 de Velocross Noturno

Numa pista bastante técnica e bem desenhada, com um traçado de velocidade média a alta, a 5ª e penúltima etapa do Campeonato Rondoniense de Velocross Noturno 2015, disputada no último sábado (29), em Ji-Paraná foi marcada por uma disputa bastante forte, quando já foram definidos os primeiros campeões da temporada. Valdinei Correa # 88 (Posto Pit Stop/F1 Terraplanagem) de Pimenta Bueno, na categoria VX3, Osmar Canale # 68 (Star Motos), de Colorado do Oeste, na VX 4, Fabrício Moreira # 50 (Pneus Vipal/Circuit/Posto Hawaii), de Porto Velho, – na Força Livre Nacional e ainda Diego Henning # 169 (Honda/NOA/Ronacre/Vipal/ASW), de Porto Velho, na categoria VX2 Importadas, conquistaram por antecipação o título de campeão 2015 em suas respectivas categorias. Ainda indefinidos estão as categorias Força Livre Nacional Pro e 150cc, com vários pilotos na disputa.

001100_imgN-G

Disputada em sete categorias distintas, a etapa estadual de Velocross Noturno de Ji-Paraná contou com mais de 150 inscrições, obrigando a realização de classificatória em algumas das categorias. A prova que teve grandes e emocionantes pegas, foi marcada também por algum pontos negativos como retirada dos Bombeiros ainda na metade da disputa, deixando a organização do evento e os próprios competidores perplexos dela atitude inédita em um evento oficial promovido pela Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, colocando em riscos a vida dos pilotos. Após os bombeiros abandonarem o local da competição, dois acidentes ocorreram na pista, tendo que a apenas uma profissional da saúde do município realizasse o atendimento aos feridos. A diretoria da FMR, pilotos e demais envolvidos repudiaram a atitude da equipe de bombeiros.

001100-F001400_imgN-G

Luiz Fernando vence disputa da Prata da Casa

Levando a pista um número superior a 30 motos, na etapa de Ji-Paraná,uma das atrações foi a categoria Prata da Casa, com pilotos locais, não federados. Após a sessão de treinos livres, os pilotos foram para o warm-up, onde os vinte melhores classificados formaram o gate da largada. Com uma boa arrancada na largada, o piloto Luiz Fernando # 525 liderou a prova de ponta a ponta, sendo seguido por Evandro Bento # 680 e Rafael # 28 na terceira posição. Hallison # 54 e Claudio # 161 completaram o pódio dos pilotos jiparanaenses.

Evandro Bucioli supera o líder Osmar Canale, na VX4

Na disputa da categoria VX4 para pilotos acima de 40 anos, a prova foi de certa forma tranqüila, com o líder Osmar Canale # 68 (Star Motos), de Colorado do Oeste, indo para a corrida sem a presença de seus concorrentes diretos. Precisando apenas chegar entre os cinco primeiros para garantir de forma antecipada a conquista de mais um título estadual. Mesmo largando junto a categoria VX3, os pilotos da VX4 tiveram uma disputa a parte, onde Evandro Bucioli # 27 (Prefeitura de São Francisco/Auto Escola),de São Francisco do Guaporé, que fez a sua participação nesta temporada de Velocross Noturno mostrou toda sua técnica e acelerando forte levou a melhor sobre os demais concorrentes. Evandro venceu com Osmar Canale em segundo, Genaldo Nogueira # 51 (Sítio Minas Gerais), de Santa Luzia, em terceiro, Mário Hugo # 44 (Despachante Líder/TRR Krupinski), de Vilhena,na quarta posição e Edenilson Pasarelo # 220 (Ceará Motos/Móveis Paraná), de Monte Negro completando o pódio.Com a segunda colocação, Osmar Canale chegou aos 122 pontos e não pode mais ser alcançado pelos seus adversários diretos, Genaldo Nogueira com 85 pontos e Amarildo José # 23 com 84 pontos.

Valdinei Correa mostra sua força na disputa da VX3

001100-F001402_imgN-G

Acostumado a correr em diversas categorias, piloto Vardinei Correa # 88 (Posto Pit Stop/F1 Terraplanagem), de Pimenta Bueno se mostrou bem adaptado ao traçado da pista de Ji-Paraná, andando num ritmo bastante forte e liderando a prova do início ao fim. Depois de garantir os melhores tempos já nos treinos livres e cronometrados, Valdinei fez uma largada perfeita e assumiu a ponta com Patrick de Brito # 771 (Coyots Motos), de Vilhena, na sua cola, mas sem ameaçar a liderança. Valdivei Correa venceu a prova, a quinta consecutiva, somando agora 125 pontos e garantiu por antecipação a conquista de campeão da temporada 2015. Patrick de Brito chegou na segunda posição, com Donizete de Victo em terceiro e Frani Augustinho em quarto lugar. O quarto lugar rendeu a Frani a vice liderança no campeonato com 79 pontos, quatro a mais que Patrick de Brito, terceiro colocado da categoria VX3 na temporada.

Décio Augusto vence e embola classificação na 150cc

Na disputa equilibrada da temporada, a categoria 150cc tem um líder a cada rodada. Das cinco baterias até aqui realizadas no ano, apenas Leandro André venceu duas vezes, enquanto as outras três baterias tiveram três vencedores distintos. Na disputa deste fim de semana, a categoria 150cc foi marcada por mais uma disputa forte e cheia de surpresas. Magno da Rocha (147), (Molas Noma/Master Contabilida), de Vilhena, até então líder da categoria, não teve um dia muito feliz e com problema em sua moto,acabou nem completando a prova. Juliano Correa, o “Ligerin” # 93 (Cosntrumaq/Elite Alarmes/JS Cobranças), de Espigão do Oeste fez uma boa largada e teve a liderança a prova até há pouco minutos do final, mas acabou perdendo a posição para Décio Augusto # 932 (Paraná Racing), de Cacoal, que venceu a prova com Anderson Alves # 37 (Moto Mais Preparações), de Vilhena em segundo. Rodrigo Nunes # 847 chegou em quatro e Cléber Júnior # 104 (Rede Farmácia Med Barato), de Cacoal ficou com a quinta posição. O sexto colocado da prova foi Frani Augustinho # 800 (Academia Detonando), de Cacoal, assumiu a liderança do campeonato somando 76 pontos enquanto Ligerin chegou aos 74 pontos, com esta terceira colocação, ficando com a vice liderança do campeonato. Vários outros pilotos ainda estão na briga pelo título da temporada que reserva surpresas para a última etapa. Cléber Júnior é o terceiro colocado com 69 pontos, Magno da Rocha # 147 ,com 64 pontos, Felipe Básilio # 56 é o quarto com 62 pontos, Weslety Mendonça # 55 de Ji-Paraná, com 61 pontos, Leandro André # 400, com 59 pontos, Anderson Alves # 37, com 58 pontos Jacson Rocha # 248,com 55 pontos e Décio Augusto, com 48 pontos, todos ainda estão na corrida pelo título.

Diego e Fabrício mantém briga na Força Livre Nacional Pró

Criada nesta ano como alternativa para abrilhantar ainda mais o campeonato, a categoria Força Livre Nacional Pró, integra pilotos diversos, sem exceção e segue bastante equilibrada, sempre com novidades a cada pódio. Diego Henning # 169 (Honda/NOA/Ronacre/Vipal/ASW) e Fabrício Moreira # 50 (Pneus Vipal/Circuit/Posto Hawaii), ambos da cidade de Porto Velho, seguem numa briga acirrada pela liderança. Na prova do último sábado, depois de uma boa disputa já nos treinos classificatórios, a categoria Força Livre Nacional Pró teve uma largada forte, onde Diego Henning andando num ritmo intenso liderou a prova de ponta a ponde, deixando para traz uma briga acirrada entre Victor Carlos # 4 (Vacari Veículos/Voldiésel), de Cacoal, Fabrício Moreira, Pedro Tozzo # 38 (Aquilino Preparações/Tozzo Bombas), de Cacoal e Ataíde Gabriel # 25 (Ataíde Extintores/Motoflex), de Ji-Paraná. Pedro Tozzo e Ataíde Gabriel tiveram problemas na pistas e acabaram ficando fora da briga pelo pódio. Com a vitória Diego Henning ampliou a liderança, agora com 100 pontos ganhos, com Fabrício Moreira somando 86 pontos e ainda tendo chances matemáticas de chegar ao título, basta que vença a última etapa e Diego não pontue.

Fabrício vence e garante bicampeonato da Força Livre Nacional

Uma das grandes atrações das pistas nos últimos anos no motociclismo de Rondônia, o aguerrido piloto Fabrício Moreira # 50, de Porto Velho conquistou na prova do último fim de semana em Ji-Paraná, o segundo título consecutivo da categoria Força Livre Nacional, na modalidade de Velocross. Mantendo o seu ritmo intenso, Fabrício Moreira mesmo não largando bem aos poucos vai se impondo, até assumir a ponta e cruzar a linha de chegada a frente de seus concorrentes diretos. Em Ji-Paraná, Fabrício venceu o Estadual de VX Noturno pela quinta vez seguida e assegurou a conquista do bicampeonato na categoria Força Livre Nacional. Pedro Tozzo, segunda colocado da temporada chegou em segundo na prova de Ji-Paraná e se manteve vice líder do campeonato com 122 pontos, não podendo mais alcançar o atual campeão. Para a temporada, Fabrício Moreira conta com o apoio das empresas – ASW/Circuit Equipament/Mobil/Mrpro/Óculos Gaiamx/Brasil Racing/Prefeitura de Porto Velho/Vipal Pneu/Guaporé Distribuidora/Postos Hawaii/Café Ouroeste/Refrigerante Tupi/Mk Motos/Kadango Preparações/Inove Comunicações Visuais.

Diego Henning já é campeão da VX2 Importadas em 2015

A exemplo de outros pilotos que fazem bela campanha na temporada, o piloto Diego Henning # 169 (Honda/NOA/Ronacre/Vipal/ASW), de Porto Velho, venceu mais uma etapa do Campeonato Rondoniense de Velocross Noturno 2015, conquistando assim por antecipação o título de campeão da categoria VX2 Importadas. Com ausência do experiente Rodrigo Selhorst # 8, na prova de Ji-Paraná, Diego Henning teve duelo direto com o cacoalense VictorCarlos (Alécio Galmassi/Aquelino Preparações). Vitim largou bem a na primeira metade de prova se revezou com Diego na liderança da prova. Aos poucos Diego foi se impondo e abrindo vantagem para garantir mais uma vitória, resultado que deixou Diego Henning com 142 pontos contra 105 de Luiz Roberto # 17 (ILS Racing/Instaladora São Luiz), de Cacoal, segundo colocado na pontuação geral da categoria. Mantendo uma regularidade, o jovem Luiz Roberto foi o terceiro colocado na prova, que teve ainda talles Rodrigues # 63 (Rondomotos), de Ariquemes,em quarto e Renan Borba # 144 (Unupar), de Cacoal, completando o pódio.

Mais uma vez um público bastante expressivo compareceu para prestigiar o grande show de emoção e adrenalina proporcionado pelos principais nomes do motociclismo de Rondônia, que dentro da pista aceleraram forte na busca pelas melhores posições. O evento também recebeu a presença de autoridades como os deputados estaduais Laerte Gomes e Maurão de Carvalho, assim como a secretária de Esportes Seloi Totti representando o executivo municipal e o vereador Adilsom Tibúrcio, representando a câmara de vereadores. Em seu discurso, Reinando Selhorst, vice presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM conclamou aos deputados presentes que busquem alternativas no sentido de resgatar o esporte em Rondônia. Para Ronie Romão, presidente da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, em razão das dificuldades enfrentadas na realização da prova do último fim de semana, a cidade de Ji-Paraná está fora do calendário de 2016.

Parcerias

Numa realização e coordenação da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, a quinta etapa do Campeonato Rondoniense de Velocross Noturno 2015 foi realizada em parceria com a Prefeitura de Ji-Paraná e Câmara de Vereadores. Apoio Rondobras Auto Peças, Voo Transportes, Honda do Brasil, senador Valdir Raupp, deputado federal Nilton Capixaba e deputado federal Expedito Netto. Patrocínio: Ministério do Esporte.

001100-F001405_imgN-G

Resultado geral da 5ª Etapa do Campeonato Rondoniense 2015 de Velocross Noturno

 

Categoria Prada da Casa

1º – # 525 – Luiz Fernando – Ji-Paraná

2º – # 680 – Evandro Bento – Ji-Paraná

3º – # 28 – Rafael – Ji-Paraná

4º – # 54 – Hallison – Ji-Paraná

5º – # 161 – Cláudio – Ji-Paraná

 

Categoria VX4

1º – # 27 – Evandro Bucioli – São Francisco do Guaporé

2º – # 68 – Osmar Canale – Colorado do Oeste

3º – # 51 – Genaldo Nogueira – Santa Luzia do Oeste

4º – # 44 – Mário Hugo – Vilhena

5º – # 220 – Edenilson Passarelo – Monte Negro

 

 

Categoria VX3

1º – # 88 – Valdinei Correa – Pimenta Bueno

2º – # 771 – Patrick de Brito – Vilhena

3º – # 121 – Donizete De Victo – Jaru

4º – # 800 – Franni Augustinho – Cacoal

5º – # 2 – Marcos César – Vilhena

 

 

Categoria 150cc

1º – # 932 – Décio Augusto – Cacoal

2º – # 37 – Anderson Alves – Vilhena

3º – # 93 – Juliano Correa – Espigão do Oeste

4º – # 847 – Rodrigo Nunes – Vilhena

5º – # 104 – Cléber Júnior – Cacoal

 

 

Categoria Força Livre Nacional

1º – # 50 – Fabrício Moreira – Porto Velho

2º – # 38 – Pedro Tozzo – Vilhena

3º – # 25 – Ataíde Gabriel – Ji-Paraná

4º – # 771 – Patrick de Brito – Vilhena

5º – # 62 – Diego Canale – Colorado do Oeste

 

 

Categoria Força Livre Nacional – Pró

1º – # 169 – Diego Henning – Porto Velho

2º – # 50 – Fabrício Moreira – Porto Velho

3º – # 4 – Victor Carlos – Cacoal

4º – # 88 – Valdinei Correa – Pimenta Bueno

5º – # 123 – Guilherme Perondi – Vilhena

 

 

Categoria Força Livre Importadas

1º – # 169 – Diego Henning – Porto Velho

2º – # 4 – Victor Carlos -Cacoal

3º – # 17 – Luiz Roberto – Cacoal

4º – # 63 – Talles Rodrigues – Ariquemes

5º – # 144 – Renan Borba – Ariquemes

fonte: Assessoria – FMR   Visualizar Impressão

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *